A partir do dia 1º de agosto de 2021 o Boxe Olímpico terá mudanças em sua regra no que diz respeito as categorias de peso para as Classes Elite e Juvenil Masculinos e Femininos. 

Após estudos e discussões internas com diretores e representantes do Boxe Olímpico Mundial, a Associação Internacional de Boxe (AIBA) decidiu que os homens terão agora 13 categorias de peso, 3 a mais das anteriores 10, enquanto as mulheres terão 12 categorias em peso, o que representa duas a mais em comparação com as 10 categorias de peso anteriores.

Esta decisão foi tomada para que  a integridade dos atletas seja ainda mais preservada, aumentando a segurança dos boxeadores, concorrência leal e facilidade de gestão do peso.

A proposta foi apresentada pelo Secretário-Geral da AIBA, Sr. István Kovács, ele enfatizou que a AIBA realizou uma ampla consulta às partes interessadas no boxe masculino e feminino antes de discutir e concordar sobre as novas classes de peso durante a reunião do Conselho.

“Acreditamos que esta etapa permitirá que um grupo maior de boxeadores participe nas respectivas categorias de peso onde se sentem mais fortes e confortáveis. Coletamos todas as propostas das Federações Nacionais, bem como de comitês da AIBA respeitados. Esta inovação ajudará o boxe a se desenvolver da base à elite “, disse Kovács.

“Estamos implementando esta mudança crucial agora, enquanto a reforma generalizada de toda a estrutura de competição da AIBA está em andamento”, disse o Presidente da AIBA, Sr. Umar Kremlev. Ele ainda comentou que:

“Eu realmente acredito que devemos oferecer mais oportunidades aos nossos atletas; as novas divisões irão encorajar mais pessoas de vários países a praticar o boxe e permitir que mais nações ganhem medalhas. Quanto mais medalhas tivermos, mais os governos prestarão atenção ao nosso esporte e o financiarão em todo o mundo.”

O peso mínimo para os homens foi reduzido de 49kg para 48kg. O spread entre as cinco primeiras categorias é de 3kg, entre a 5ª e 7ª é 3,5kg, entre a 7ª e a 9ª é 4kg, e entre a 9ª e 10ª é 5kg, entre a 10ª e 12ª é 6kg. A categoria superpesado parte dos 92kg e não tem limites.

O peso mínimo para as mulheres permanece o mesmo, 48kg. No entanto, a diferença entre as primeiras quatro classes de peso é agora de 2kg. Entre o 4º e o 8º é 3kg, entre o 8º e o 9º é 4kg, do 9º ao 10º é 5kg e do 10º ao 11º é 6kg. A classe de peso pesado continua a mesma com + 81kg.

E pelo jeito mais mudanças estão por vir, uma vez que a nova diretoria da entidade deseja recuperar a credibilidade junto ao Comitê Olímpico Internacional (COI) e encaminhando para uma retomada junto ao Boxe Profissional.

Compartilhar